Vinhos Gregos da Vinícola Strofilia Wines

"A videira é a identidade do vinho, o começo do seu curso".

WhatsApp Image 2022-11-01 at 14.59.23.jpeg
WhatsApp Image 2022-11-01 at 15.00.46.jpeg
WhatsApp Image 2022-11-01 at 14.59.25 (3).jpeg

Desde 1980,  a Strofilia está entre as empresas de vinhos gregas mais dinâmicas com mais de 40 anos de conhecimento acumulado em vinificação e viticultura. São mais de 500 hectares de vinhas privadas, arrendadas e cooperativas na região do Peloponeso e Ática. As adegas são em Anavyssos e Nemea. A Strofilia investe sistematicamente nas suas vinhas e produz vinhos de castas autóctones e internacionais.

Em 1982, dois amigos com a ajuda de livros franceses e alemães, vinificam uma pequena primeira colheita no lagar da família maltesa construído em 1864 . No ano seguinte, o julgamento positivo do Sr. Sotiris Sotiropoulos do Wine Institute e dos primeiros consumidores, principalmente dos amigos, dá-lhes coragem para continuar. Eles batizam seus vinhos de "Strofilia", em homenagem à tradicional prensa manual da família maltesa que usavam na vinificação. No primeiro rótulo é desenhada essa prensa.

Yiannis Bairaktari Exports Manager da Strofilia Wines, veio ao Brasil para apresentar seus vinhos acompanhado do importador grego Georges Monte Dictisl, Diretor da Importadora Monte Dictis.

Os vinhos foram apresentados pelo jornalista e crítico de vinhos Marcelo Copello, no restaurante Alloro al Miramar em Copacabana no Rio de Janeiro.

Em Anavysso Attica, é onde está a sede histórica e a primeira vinícola. Nas vinhas, cultiva-se principalmente o Sabvatiano, perfeitamente adaptado ao clima seco do Ático. As vinhas da região são geralmente velhas com rendimento por hectare muito pequeno, mas com alto potencial. Junto à adega cultivam-se Malagouzia e Assyrtiko, em sistema de formação linear apoiado, onde apresenta muito boa adaptação.

Em Asprokampos Nemeas, onde instalou sua segunda vinícola desde 2000. Os viticultores que cooperam desde 1993 pertencem principalmente às comunidades montanhosas da zona de Denominação de Origem Protegida NEMEA: Psari, Asprokambos, Kefalari, Kastraki e Bozika. O cultivo de Agiorgitikos prevalece, mas nos últimos 20 anos, outras variedades gregas e internacionais foram testadas com grande sucesso. As vinhas plantadas após 1980 são formadas principalmente em sistema linear suportado, com uma parede vegetativa alta para melhor maturação. Nesta zona, a altitude começa a partir dos 600m e pode atingir os 900m. As variedades cultivadas, além da Agiorgitikos, incluem Malagouzia, Assyrtiko, Moschato e outras variedades internacionais brancas e tintas.

Entrevista com Yiannis Bairaktari, Marcelo Copello e Georges Monte Dictis

Os Vinhos:

 

Strofilia White Dot 2021 - Moschofilero e Malagouzia - Peloponeso

 

Terra Strofilia Passage 2021 - Savvatiano - Anavysso Attica

 

Strofilia Crazy Birds Rosé 2021 - Agiorgitiko - Peloponeso

 

Mountain Fish 2021 - Agiorgitiko - Peloponeso

Strofilia Estate Crossroads 2017 - Agiorgitiko e Syrah

 

Strofilia Nemea 2019 - Agiorgitiko - Nemea

Strofilia Terras Raras Galari - 2020 - Agiorgitiko, Petit Verdot e Tannat - Nemea

01
01

press to zoom
02
02

press to zoom
07
07

press to zoom
01
01

press to zoom
1/7
WhatsApp Image 2022-11-01 at 14.59.25 (2).jpeg
WhatsApp Image 2022-11-01 at 14.59.54.jpeg
WhatsApp Image 2022-11-01 at 14.59.54 (1).jpeg

Compartilhe com um amigo ou nas redes sociais

11-2022