WhatsApp Image 2022-11-01 at 11.20.23.jpeg

Chianti Lovers Americas Tour

Vinhos da famosa região da Toscana desembarcam no RJ e em SP para degustações exclusivas. A Itália é o maior produtor de vinhos no mundo.

Vinhos e muita história desembarcaram no Brasil no mês de novembro para uma série de ações do Consorzio Vino Chianti, que trouxe ao Rio de Janeiro e a São Paulo o Chianti Lovers Americas Tour, uma série de degustações exclusivas para profissionais do setor.

O wine ambassador de Chianti, Luca Alves veio ao Brasil especialmente para conduzir as degustações dedicada aos vinhos Chianti, Chianti Superiore e Chianti Riserva, no Rio de Janeiro, e em São Paulo. Em São Paulo ele também ministrou uma masterclass especial sobre o lendário Vin Santo del Chianti.

 

No Rio de Janeiro, o Chianti Lovers Americas Tour foi realizado no Copacabana Palace, onde profissionais e especialistas convidados tiveram a oportunidade de saber mais sobre esta denominação em uma masterclass técnica.

 

Em São Paulo, a programação incluiu reuniões B2B entre importadores de todo o Brasil e vinícolas que buscam representantes no País, masterclass e walk around tasting para profissionais e especialistas convidados.

WhatsApp Image 2022-11-01 at 11.20.21.jpeg
WhatsApp Image 2022-11-01 at 11.20.20 (2).jpeg

Os eventos são a principal atividade de promoção do consórcio italiano em nosso mercado, onde, desde 2014 investe em ações para que os rótulos de Chianti sejam cada vez mais presentes nas taças dos brasileiros.

 

As iniciativas vêm elevando os números: dados recentes indicam que os vinhos da Toscana – região onde está localizada a produção do Chianti – correspondem a 27,8% dos rótulos italianos importados pelo Brasil. Considerando os vinhos italianos em geral, em 2021 o aumento das importações em relação a 2020 foi de 19,4% em valor e de 9,8% em volume.

 

Com produção média anual de 50,2 milhões de hectolitros, o país é o maior produtor de vinhos no mundo, à frente da Espanha e da França, e detém 19,3% de todo o vinho produzido, segundo a Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV).

WhatsApp Image 2022-11-01 at 11.20.23 (1).jpeg
WhatsApp Image 2022-11-01 at 12.13.54.jpeg

Solta o play e assista a entrevista com Luca Alves Wine Ambassador do Consórcio Chianti.

WhatsApp Image 2022-11-01 at 11.20.24 (1).jpeg
WhatsApp Image 2022-11-01 at 11.20.21 (2).jpeg

Os Vinhos da Masterclass:

 

Chianti Montalbano D.O.C.G. 2021

 

Chianti D.O.C.G. 2021 | Colli Senesi

 

Chianti Superiore D.O.C.G. 2020 | Colline Pisane

 

Chianti Rufina D.O.C.G. "Governo all'uso Toscano" 2019

 

Chianti D.O.C.G. Riserva 2019 | Colli Aretini

 

Chianti Colli Fiorentini D.O.C.G. Riserva 2018

 

Chianti Montespertoli D.O.C.G. Riserva 2017

01
01

press to zoom
02
02

press to zoom
07
07

press to zoom
01
01

press to zoom
1/7

Compartilhe com um amigo ou nas redes sociais.

11-2020

O Consorzio Vino Chianti

 

A partir das antigas civilizações, passando pela Idade Média, o Renascimento e a Era Moderna, a viticultura na Toscana jamais cessou. Em 1927, um grupo de viticultores nas províncias de Florença, Siena, Arezzo e Pistoia, constituiu o “Consorzio del Vino Chianti”, uma das primeiras associações de produtores de vinho na Itália, com a missão de proteger e promover o vinho Chianti D.O.C.G. (Denominação de Origem Controlada e Garantida), conhecido na Itália e no exterior por sua tradição muito antiga. O Consorzio Vino Chianti protege mais de três mil e seiscentos produtores, trabalhando mais de 15.500 hectares de vinha, produzindo mais de 800.000 hectolitros de vinho Chianti de várias zonas e tipologias.

 

Desde 1932, a região sob a égide do Consorzio é constituída por cidades de arte e cultura entre as mais belas do mundo: Florença, Siena, Arezzo, Pisa, Pistoia e Prato.

 

Entre as atribuições do Consorzio estão atividades de proteção, valorização, informação e cuidados gerais com os interesses da denominação.