Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal realiza uma série de eventos no Brasil

A Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal (CVRPS), entidade Certificadora dos vinhos da Península de Setúbal, de Portugal, reuniu produtores das principais vinícolas do país em eventos no Brasil, para apresentar vinhos da região e continuar suas expansão no mercado brasileiro.

Como parte da ação, a CVRPS promoveu dois almoços para jornalistas, um no Rio de Janeiro e outro em São Paulo. Além de Masters Classes, também nos dois estados. Na capital carioca, o almoço aconteceu no dia 4 de dezembro no restaurante Prosa na Cozinha da Chef Manu Zappa, uma das mais conceituadas da cidade. Já em São Paulo, o restaurante escolhido foi Sal Gastronomia do renomado e premiado chef, Henrique Fogaça.

Entre os convidados, editores das principais revistas especializada em vinhos, bem como especialistas na bebida, que vão ajudar a contar a história dos vinhos da Península de Setúbal para os brasileiros. Já as master classes foram feitas online por sommeliers respeitados do país.

Participei da Masterclass com 4 vinhos enviados em uma caixa. Na apresentação virtual, o professor da ABS RJ, Fernando Lima @vinhoscomfernandolima , deu uma aula sobre a região, as uvas e os vinhos. Em seguida os produtores apresentaram a história de cada vinícola e seus vinhos. Cada vinho com sua proposta distinta e todos muito bem elaborados.

 

Conheça os vinhos da Masterclass que valem estar presentes na sua mesa:

Quinta Brejinho da Costa Colheita Branco - 2019 da @brejinhodacosta

Carácter Premium Tinto - 2018 da @venanciodacostalima

Dona Ermelinda Reserva - 2017 da @ermelindawines

Alambre Moscatel de Setúbal - 2017 da @josemariadafonsecavinhos 

Na ocasião do almoço, estiveram presentes representantes das vinícolas Brejinho da Costa, Venâncio da Costa Lima, Casa Ermelinda Freitas, José Maria da Fonseca, Adega de Pegões, Bacalhoa Vinhos de Portugal S.A., Quinta do Piloto e Sivipa.

Para degustação nos eventos, vinhos como: Adega de Pegões Colheita Selecionada, Quinta da Bacalhôa, Dona Ermelinda Grande Reserva, Periquita Superyor, Quinta Brejinho da Costa Reserva, Piloto Collection Roxo, Serra Mãe Reserva, Venâncio da Costa Lima – Moscatel Roxo de Setúbal.

Além da degustação os convidados ouviram histórias encantadoras como a da vinícola Venâncio da Costa Lima, uma das mais antigas da região, que já celebrou os 100 anos de existência.

“O mercado brasileiro aumentou ainda mais sua importância para os vinhos portugueses e para os vinhos da Península de Setúbal, mesmo com a pandemia e de todas as dificuldades que a mesma criou na economia. O Brasil para nós é um “caso de estudo” no que diz respeito à exportação dos vinhos portugueses, sendo um dos raros mercados que já vinha crescendo fortemente nos últimos cinco anos e que mesmo nesse contexto viu o seu desempenho aumentar em 5%, em relação aos últimos anos. E isso tem sido incrível”, comemora Henrique Soares, presidente da CVRPS.

MAPA DA REGIÃO DE SETÚBAL - ARTE CVRPS

A CVRPS

A Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal (CVRPS) tem como principal missão a defesa das D.O. Setúbal e Palmela e I.G. Península de Setúbal, bem como a aplicação de regulamentação, fomento e controle dos vinhos produzidos nas respectivas áreas geográficas com a finalidade de garantir sua origem, genuinidade e qualidade. Na Península de Setúbal produzem-se três tipos de vinho certificado: Vinhos D.O. Palmela; Vinhos D.O. Setúbal e Vinho Regional Península de Setúbal.

Mais informações:

Vinhosdapeninsuladesetubal.org

https://www.facebook.com/vinhosdapeninsuladesetubal/  

https://www.instagram.com/vinhosdapeninsuladesetubal/

Compartilhe essa página com um amigo ou nas redes sociais:

 

 

 

 

VINHOS PELO MUNDO E REDE INTERAÇÃO